Início Justiça Você sabe quanto custa um vereador para os cofres públicos do Recife?

Você sabe quanto custa um vereador para os cofres públicos do Recife?

Campanha que quer cortar gastos e acabar com benefícios dos vereadores será lançada na noite desta quinta-feira (17)

Cada um dos 39 parlamentares custa, por mês, cerca de 85 mil reais. Anualmente, esse valor ultrapassa R$ 1 milhão nos cofres públicos – Foto: Reprodução/TV Jornal

Você sabe quanto custa um vereador para os cofres públicos? Um levantamento mostra que a Câmara de Vereadores do Recife está entre as que mais geram despesas, no país. Cada um dos 39 parlamentares custa, por mês, cerca de R$ 85 mil. Anualmente, esse valor ultrapassa R$ 1 milhão. 

Para se ter ideia, só em 2018, a câmara teve um gasto de R$146,6 milhões, quantia que deixa o órgão do Recife na 6ª posição entre os que mais gastaram dinheiro, em todo o Brasil. Esse dinheiro sai do bolso dos trabalhadores e cidadãos que fazem a cidade. “Poderia usar metade desse dinheiro para investir nos bairros mais pobres e em educação”, sugeriu um morador do Recife, que não quis se identificar. 

Para discutir uma forma de diminuir esses valores, a campanha Recife Sem Mordomias, elaborada por uma Organização Não Governamental (ONG), será lançada, na noite desta quinta-feira (17). O movimento pretende acabar com todos os auxílios da câmara municipal e reduzir outros gastos. 

O lançamento acontece a partir das 19h, no Auditório G-4 da Universidade Católica de Pernambuco, no bairro da Boa Vista, área central do Recife. Todas as informações estão reunidas no site www.recifesemmordomias.com.br.

 

Para 2019, o previsto é que os gastos com a Câmara do Recife girem em torno dos R$155 milhões. Esse valor é superior ao orçamento de várias secretarias municipais que são fundamentais para a cidade, como o da Secretaria de Assistência Social (R$104,5 milhões) e da Secretaria de Cultura (R$85,4 milhões), além de ser quase três vezes maior que o da Secretaria de Habitação (R$56,5 milhões). 

Caracterizada por um projeto de lei de iniciativa popular, a campanha busca cativar o público a conhecer como estão sendo usados os recursos da cidade. “Cansamos de ouvir que não há dinheiro. Dessa maneira, queremos provocar essa discussão, pois acreditamos que o coração da política está aí. É no orçamento público que enxergamos as prioridades de uma gestão, de um governo”, afirmou o coordenador da ONG Seja a Mudança, Igor Sasha. 

A Ordem dos Advogados de Pernambuco (OAB-PE) apoia a ideia. “Nós acreditamos que é um valor realmente alto e, pior ainda, não há uma prestação de contas desses valores. Verbas que deveriam ser indenizatórias terminam sendo remuneratórias. É importante que haja uma demonstração desses valores e que estes fiquem em patamares mais razoáveis.”, disse Bruno Batista, presidente da OAB-PE. 

Em nota, a Câmara de Vereadores do Recife afirmou que, no ano de 2016, os parlamentares reduziram em 3% os salários. Disse ainda que os benefícios dos vereadores estão congelados, desde 2009. Por fim, a Câmara pontuou que os quadros funcionais de todos os gabinetes foram reduzidos. 

Serão cerca de 4,1 milhões de pessoas nesta etapa, com injeção de R$ 1,8 bilhão na economia.

O prêmio foi de R$ 34,61 milhões

O conselho Regional de Educação Física informo que, desde 2011, tentava notificar o rapaz

TV Jornal @ 2019 – Uma empresa do grupo JCPM

Must Read

Anvisa autoriza a ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen

A aprovação foi baseada em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos.   A Diretoria Colegiada da Anvisa, via sistema deliberativo interno, aprovou a...

Nova enquete no site da Alepe

Projeto adia proibição de fogos de artifício ruidosos para 2030, opine A aplicação da norma que proíbe fogos de artifício ruidosos em Pernambuco pode ser...

Eduardo da Fonte defende prorrogação e valor maior para o auxílio emergencial.

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) classificou como positiva a confirmação feita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o Governo Federal...

Fiocruz recebe mais um carregamento de matéria prima para produção de vacinas

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu, neste final de semana, mais um carregamento de IFA, o ingrediente farmacêutico ativo, usado para a produção da...