Início esporte Sport busca acesso à Série A jogando 'na bola'

Sport busca acesso à Série A jogando ‘na bola’

É o fato ou acontecimento de interesse jornalístico. Pode ser uma informação nova ou recente. Também diz respeito a uma novidade de uma situação já conhecida.

Texto predominantemente opinativo. Expressa a visão do autor, mas não necessariamente a opinião do jornal. Pode ser escrito por jornalistas ou especialistas de áreas diversas.

Reportagem que traz à tona fatos ou episódios desconhecidos, com forte teor de denúncia. Exige técnicas e recursos específicos.

É a interpretação da notícia, levando em consideração informações que vão além dos fatos narrados. Faz uso de dados, traz desdobramentos e projeções de cenário, assim como contextos passados.

Texto analítico que traduz a posição oficial do veículo em relação aos fatos abordados.

É a matéria institucional, que aborda assunto de interesse da empresa que patrocina a reportagem.

Conteúdo que faz a verificação da veracidade e da autencidade de uma informação ou fato divulgado.

É a matéria que traz subsídios, dados históricos e informações relevantes para ajudar a entender um fato ou notícia.

Reportagem de fôlego, que aborda, de forma aprofundada, vários aspectos e desdobramentos de um determinado assunto. Traz dados, estatísticas, contexto histórico, além de histórias de personagens que são afetados ou têm relação direta com o tema abordado.

Abordagem sobre determinado assunto, em que o tema é apresentado em formato de perguntas e respostas. Outra forma de publicar a entrevista é por meio de tópicos, com a resposta do entrevistado reproduzida entre aspas.

Texto com análise detalhada e de caráter opinativo a respeito de produtos, serviços e produções artísticas, nas mais diversas áreas, como literatura, música, cinema e artes visuais.

Além de estar bem na tabela de classificação (2º, com 56 pontos) e muito próximo de garantir matematicamente o retorno à Primeira Divisão do Brasileiro, o Sport é uma das equipes mais disciplinadas nessa Série B. Como o técnico Guto Ferreira exige que os seus comandados joguem um futebol propositivo, exigindo que eles tenham sempre a posse da bola (a média do Leão no campeonato é de 52% de posse), sendo raros os momentos que o time rubro-negro corre atrás do adversário.

De acordo com o Footstats (site especializado em estatísticas futebolísticas), o Sport é a quinta que menos comete faltas nessa Segundona, com 485 lances faltosos marcados – atrás de América-MG, CRB, Figueirense e Ponte Preta. Como se não bastasse o baixo número de faltas cometidas, a equipe leonina também tem um baixo índice de cartões recebidos, sendo a segunda que menos tomou essa punição, com 64 cartões no total, sendo 59 amarelos e cinco vermelhos.

Um outro ponto a ser observado e que coloca o Sport como um dos mais disciplinados da Série B está relacionado ao elevado número de desarmes. O time rubro-negro é o que mais rouba a bola do adversário na competição, com 566 desarmes corretos. Isso mostra que, para recuperar a posse de bola, os rubro-negros não precisam cometer uma infração faltosa. O volante Charles, inclusive, é o maior ‘ladrão’ de bolas nessa Segundona, com 88 desarmes, sendo responsável por 15,5% das roubadas de bola do Leão.

Essa postura mais agressiva, por sinal, é uma exigência de Guto Ferreira. O treinador cobra sempre dos jogadores que, ao perder a posse da bola, é preciso imediatamente pressionar o adversário para obrigar ele a se livrar da bola ou cometer algum erro. Postura essa que o Sport adota seja na Ilha do Retiro ou atuando fora de casa. Talvez por isso, a equipe leonina tenha obtido um bom aproveitamento longe do Recife.

“O nosso time tem tido uma postura muito positiva fora de casa. Não se inibe e nem deixa de buscar os três pontos. E isso, neste momento do campeonato, é muito importante. Tivemos essa postura a competição inteira e não vamos mudar nada. Vamos buscar do jeito que a gente vem buscando sempre os três pontos.”, comentou Guto Ferreira.

Diante das palavras do treinador, o Sport vai encarar o Guarani, nesta quinta-feira (31), às 19h15, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, com uma postura agressiva e buscando manter a invencibilidade leonina, que já dura oito partidas: cinco vitórias e três empates, para ficar mais perto do acesso.

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

Must Read

Na Anatel, André Ferreira recebe compromisso de ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado

Na Anatel, André Ferreira conquista ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado. O deputado federal André Ferreira (PSC-PE) se reuniu...

Municípios do Sertão avançam no Plano de Convivência

Nas gerências regionais com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, estabelecimentos poderão funcionar até às 20h   O Governo de Pernambuco, após análise...

Agrestina vivencia São João “Cada qual na sua casa” com forró volante pelas ruas da cidade e vilas

Neste ano de 2021 o tradicional São João de Agrestina será diferente, com “Cada qual na sua casa”. Esse foi o tema escolhido pela...

SÃO JOÃO EM CASA

Elba Ramalho, Mastruz, Limão com Mel: confira 11 lives para assistir no São João Bohemia

Itália dispensará uso obrigatório de máscara ao ar livre a partir do dia 28

Após ter sido um dos primeiros países a viver a realidade do coronavírus e entrar em crise sanitária, chegou a vez da Itália de...