Início esporte Sampaoli deixa em dúvida futuro no Santos: 'Se não for útil, não...

Sampaoli deixa em dúvida futuro no Santos: ‘Se não for útil, não estarei’ – LANCE!

Após o empate em 0 a 0 entre Santos e Corinthians, neste sábado, na Arena, em Itaquera, o foco da coletiva do técnico Jorge Sampaoli não foi o jogo. Perguntado sobre uma recente fala do presidente José Carlos Peres, sobre estar se preparando para uma eventual saída do treinador argentino, Sampaoli respondeu não saber qual será o planejamento do Santos para o próximo ano.

– Tento me reservar com as declarações. Não falei com o presidente sobre minha continuidade ou não. O presidente diz que quer o time seja campeão no ano que vem, mas também diz que não haverá grandes contratações, porque o clube tem inconvenientes econômicos. Não tenho claro. Tenho que ter claro sobre o que o clube quer fazer no próximo ano, um planejamento comigo, se eu posso ser útil para o projeto que estarei. Se não for útil, não estarei – disse Jorge Sampaoli, que tem contrato com o Santos até dezembro de 2020.

Não falei diretamente com o presidente para ver o que ele vai fazer no próximo ano. Tem que corrigir um montão de erros cometidos neste ano. Tem de ver como aproveitar o dinheiro que o clube tenha para ver como enfrentamos o ano que vem. Não posso fazer suposições, estou falando da minha imaginação – completou Sampaoli.TABELA> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Sobre o empate com Corinthians, o técnico argentino elogiou a atuação da sua equipe, mas lamentou os erros nas finalizações das jogadas.

– Faltou um pouco do último toque na área. Sasha, para mim, fez um grande jogo, sendo o terceiro homem do ataque, controlando a defesa do Corinthians, que é muito numerosa. Eles fazem uma linha de seis. Tivemos de ter muita paciência. O Santos veio aqui para propor o jogo. Não teve muita diferença para o jogo que ganhamos de 1 a 0 na Vila Belmiro. A intenção do jogo foi dominar o rival e isso que fizemos – disse Sampaoli, que ainda explicou a escolha por começar com Sánchez no banco de reservas:

– Fizemos uma grande partida. Tivemos o controle. Quando jogamos de outra forma, com jogadores como Sánchez, às vezes aceleramos muito o jogo. Decidi mudar a característica com Jean Mota e Evandro, para dominar a partida, como dominamos. Sabemos da importância do Carlos Sánchez, mas valorizei o plano de partida hoje.

Com o resultado deste sábado, o Santos chegou a 52 pontos e se mantém na terceira colocação. Na próxima quinta-feira, às 19h15, o Peixe recebe o Bahia, na Vila Belmiro, em jogo pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Must Read

Pernambuco já realizou mais de 1,8 mil testes de Covid-19 nos jogos de futebol

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, a testagem para a doença é fundamental para o monitoramento...

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa estrelam campanha na Times Square

As patroas deslancharam para o mundo! Nesta quinta (21), Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estamparam um telão na Times Square, principal...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Palas Pinho 20 anos de carreira no movimento brega

Palas Pinho uma das artistas mais respeitadas e querida do cenário musical Pernambucano, completa 20 anos de carreira no movimento brega, em 2001 ela implaca...

Secretaria do Trabalho estadual abre inscrições para Fenearte 2021

Quatro estandes serão disponibilizados para empreendimento solidários num dos espaços mais nobres da cultura pernambucana A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco abre,...