Início Esporte Por que contratar goleiro Bruno é ideia para poucos times e exige...

Por que contratar goleiro Bruno é ideia para poucos times e exige liberação – UOL

Depois de apenas 45 minutos jogados em dois meses, o goleiro Bruno teve o contrato rescindido com o Poços de Caldas, clube da Terceira Divisão de Minas Gerais. De acordo com seus representantes, o jogador de 34 anos está de volta ao mercado e já ouve propostas para voltar ao futebol nas próximas semanas. Ele cumpre pena de 20 anos e nove meses de prisão pelo homicídio de sua ex-companheira, Eliza Samúdio, além de sequestro e cárcere privado do filho do casal, Bruninho, e terá dificuldades para ter uma rotina normal de atleta. O caso piora se ele tiver interesse em jogar por um time cuja sede seja muito distante de Varginha, cidade onde está desde 2017.

Recentemente, Bruno teve negociações com o Barbalha, time da primeira divisão do Ceará e que disputará a Copa do Brasil em 2020. Mesmo com o jogador em regime semiaberto desde julho, as conversas não avançaram. Havia a necessidade de uma autorização especial da Justiça para ele se mudar e outra para que ele trabalhe com futebol, uma vez seu regime semiaberto foi liberado mediante algumas condições, como a de se recolher em casa às 20h.

A necessidade de liberações judiciais para as tarefas do dia a dia como jogador foi uma das razões que impediram sua permanência no Poços de Caldas. De acordo com Paulo César Silva, presidente do clube, foram pedidos “quatro ou cinco ofícios” à Justiça para que Bruno pudesse viajar para treinar e disputar amistosos na cidade, distante mais de 150 km de Varginha. No entanto, só um deu certo: foi no dia 5 de outubro, quando o goleiro foi apresentado à imprensa – em entrevista coletiva que teve veto a perguntas fora do futebol e até uma emissora local – e disputou 45 minutos de um amistoso.

Goleiro atuou 45 minutos de um amistoso no último dia 5 e hoje só treina com amadores em Varginha

É a segunda vez que Bruno entra no regime semiaberto e ganha o direito de deixar a prisão para trabalhar. Isso também aconteceu em 2018, mas ele perdeu o direito ao cometer uma “falta grave”: usou um telefone celular e marcou um encontro com mulheres nas dependências da Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado), em Varginha, onde cumpre pena. Ele foi filmado com duas mulheres e uma lata de cerveja durante seu horário de serviço, o caso foi exposto pela TV Alterosa, afiliada do SBT no Estado (e meses mais tarde vetada em sua coletiva de apresentação) e ele acabou perdendo o direito.

Em julho deste ano, Bruno ganhou novamente a progressão para o regime semiaberto, mas mediante uma série de condições, como:

  • manter o endereço atualizado;
  • falar com um juiz até o dia 10 de cada mês;
  • prestar contas de suas atividades;
  • provar com documentos que está trabalhando;
  • se não trabalhar registrado, atuar em obras sociais;
  • ficar em casa entre 20h e 6h, além de domingos e feriados;
  • ser fiscalizado a qualquer momento;
  • não frequentar bares e boates;
  • não sair da cidade sem autorização de um juiz;

O Poços de Caldas não conseguiu liberar Bruno porque tem pendências com a Federação Mineira de Futebol. O clube está inativo há mais de um ano e voltará a ter jogos no segundo semestre de 2020. Por isso, não há jogadores registrados e nem um calendário regular para apresentar à Justiça e assim obter a liberação do goleiro. Além disso, o clube não conseguiu patrocínios a tempo e atrasou em 15 dias o salário do jogador, que solicitou a rescisão e foi atendido.O destino do goleiro ainda é desconhecido. Seu estafe diz que há propostas de clubes de Minas Gerais e também de fora do Estado, e que a ida para um clube que não seja mineiro depende de uma “série de ajustes”, não é necessariamente inviável. A maioria dos clubes aposta em Bruno como estratégia de marketing, como foi com Boa Esporte (2017) e Poços de Caldas (2019). Em nenhum dos casos a repercussão de sua contratação foi positiva.Enquanto não assina com outro clube, Bruno se mantém treinando em Varginha, com preparação física e treinos com bola ao lado de jogadores amadores. Ele está preso desde setembro de 2010, condenado em março de 2013.

Must Read

Raquel ganha força na Região Metropolitana com apoio do ex-prefeito de Abreu e Lima, Pastor Marcos

A pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), recebeu, na noite desta sexta, 1° de julho, o apoio do ex-prefeito de Abreu e...

AUXÍLIO BRASIL: governo pretende pagar o valor de R$ 600 em breve

A PEC (proposta de emenda a Constituição) titulada de Kamikaze determina que o valor suba de R$ 400 para R$600 por tempo limitado e,...

Em Belo Jardim, Débora Almeida visita feira e dá entrevista à rádio

A ex-prefeita de São Bento do Una e pré-candidata a deputada estadual Débora Almeida (PSDB) visitou a feira de Belo Jardim neste sábado (02)....

Alexandre Mirinda e Seleção pernambucana estão presentes na abertura da Copa do Interior

O candidato à presidência da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Alexandre Mirinda, convocou uma seleção de ex-jogadores pernambucanos para o evento de abertura da...

André Marques se despede da Globo: “Amor de quase 30 anos”

André Marques deixou a Globo após mais de 28 anos na emissora. O ator e apresentador se despediu da emissora neste sábado (2/7) durante o...