Início esporte Por que aparecem agora os áudios do Queiroz sumido? Por Fernando Brito...

Por que aparecem agora os áudios do Queiroz sumido? Por Fernando Brito – Diário do Centro do Mundo

Fabrício Queiroz, o motorista dos Bolsonaros. Foto: Reprodução

Publicado originalmente no blog Tijolaço

POR FERNANDO BRITO

O áudio revelado agora de manhã pela Folha, onde o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, o operador das rachadinhas e milicianos no gabinete do Filho 01 na Assembleia do Estado do Rio de Janeiro, um dia depois daquele em que aparece sugerindo nomeações de R$ 20 mil em gabinetes do Congresso, por influência do ex-chefe, pode ter duas finalidades, diametralmente opostas.

A de ser um recado para os seus chefes, que o teriam abandonado, sem defesa e homiziado em algum lugar de São Paulo ou, ao contrário, por isso mesmo, mostrar uma distância dele que os proteja das investigações.

Primeiro, ele valoriza o seu passe, lamentando não estar em condições de continuar funcionando como miliciano político do clã:

Com ele(s) lá em Brasilía eu podia estar que nem você, andando, aí dava para investigar, infiltrarBotar um calunga (informante) no meio deles, entendeulevantar tudo? A gente mesmo levantava essa parada aí

Depois lamenta o suposto abandono em que se encontraria:

É o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí. Ver e tal É só porrada. O MP [Ministério Público] tá com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir

Diz que o uso do Twitter, dirigido por Carlos Bolsonaro é uma tolice e recomenda usar Sergio Moro para partir para cima de Rodrigo Maia:

É f, cara, aí não dá para entender. ()Tão fazendo chacota do governo dele, Rodrigo Maia está esculachando. Rodrigo Maia, meu irmão, p As declarações dele humilham o Jair, Jair tinha de dar uma porrada neste filho da pBotar o Sergio Moro para ir no [en]calço dele, porque tem pica na bunda dele aí, antiga, cara

E reclama que a pressão da imprensa fez Bolsonaro afastar funcionários antigos, como a ex-babá Cileide (Barbosa Mendes), empregada no gabinete de Carlos Bolsonaro:

Na época, o Jair falou para mim que ele ia exonerar a Cileide porque a reportagem estava indo direto lá na rua e para não vincular ela ao gabinete. Aí ele falou: Vou ter que exonerar ela assim mesmo. Ele exonerou e depois não arrumou nada para ela não? Ela continua na casa em Bento Ribeiro?

Manifesta, como se nada tivesse acontecido, o seu desejo de assumir o PSL no Rio, controlado por Flávio assim que essa ventania tiver passado para burilar o partido e faz questão de dizer que jamais irá trair o clã presidencial.

Seja qual for as intenções de começarem a surgir os áudios do desaparecido, uma coisa é certa: a família presidencial brasileira é um caso de milícia.

Ouça os áudios:

Must Read

Pernambuco já realizou mais de 1,8 mil testes de Covid-19 nos jogos de futebol

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, a testagem para a doença é fundamental para o monitoramento...

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa estrelam campanha na Times Square

As patroas deslancharam para o mundo! Nesta quinta (21), Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estamparam um telão na Times Square, principal...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Palas Pinho 20 anos de carreira no movimento brega

Palas Pinho uma das artistas mais respeitadas e querida do cenário musical Pernambucano, completa 20 anos de carreira no movimento brega, em 2001 ela implaca...

Secretaria do Trabalho estadual abre inscrições para Fenearte 2021

Quatro estandes serão disponibilizados para empreendimento solidários num dos espaços mais nobres da cultura pernambucana A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco abre,...