Início Esporte Perfis que se comportam como robôs impulsionam pautas bolsonaristas na internet -...

Perfis que se comportam como robôs impulsionam pautas bolsonaristas na internet – Brasil 247

Uma das ocasiões em que esta estratégia foi usada diz respeito ao julgamento da prisão em segunda instância. A família Bolsonaro é a favor de detenção mesmo sem o término do processo nas demais instâncias. O clã usa contas automatizadas e milicianos virtuais para conseguir apoio público e criticar desafetos – muitas vezes com base em fake news

edit247 – Perfis com comportamento de robôs impulsionaram as pautas do governo Jair Bolsonaro em quatro momentos distintos ao longo deste ano. As contas que lideraram a lista de principais publicadores das hashtags têm alto número de tuítes em um curto intervalo de tempo. É o que apontam levantamentos a partir de postagens sobre o julgamento da prisão em segunda instância pelo Supremo Tribunal Federal (STF), aos ataques à deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), ao perfil Pavão Misterioso e ao movimento em defesa do ministro da Educação, Abraham Weintraub, nos protestos contra cortes no orçamento da pasta em maio.

Durante o julgamento no STF, por exemplo, foram coletados quase 12 mil tuítes com #PrisaoEm2aInstanciaSim entre as manhãs de quarta e quinta-feira passadas. Foram alcançadas mais de 22 milhões de impressões no Twitter. O número é referente à quantidade de vezes em que apareceu em linhas do tempo de outros usuários. 

Foram identificadas iações automatizadas em todos os dez usuários com mais tuítes citando a hashtag nesse período. As postagens corresponderam a 5% do total da amostra. Segundo informações do jornal O Globo, o perfil com mais publicações fez 158 posts em um dia e tem ao menos cinco contas gêmeas.

O mesmo perfil figurou em levantamento feito pelo site da revista Galileu, em agosto, como o mais ativo na hashtag #AmazôniaSemONGs, usada para defender o governo Bolsonaro em meio às queimadas na Amazônia.

A hashtag #DeixeDeSeguirAPepa foi compartilhada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O objetivo era reduzir seguidores dos perfis de Joice Hasselmann e faz referência à personagem de desenho animado Peppa Pig. As movimentações neste sentido começou após a deputada ser destituída da liderança do governo no Congresso em meio à crise no PSL.

De acordo com uma amostra obtida pelo Tweet Archivist na última quinta-feira, limitada, neste caso, a cerca de 1,5 mil tuítes da semana passada, os dez usuários mais ativos da campanha #DeixeDeSeguirAPepa também tinham características de robôs e corresponderam a 7% do total de postagens.

O estreitamento da relação entre contas automatizadas e milicianos virtuais é uma das principais estratégias da família Bolsonaro para conseguir apoio público e criticar desafetos – muitas vezes com base em fake news.

As atenções para as notícias falsas aumentaram na campanha eleitoral do ano passado, quando houve uma campanha ilegal contra o então presienciável do PT, Fernando Haddad, baseada em fake-news no WhatsApp para prejudicá-lo e favorecer Jair Bolsonaro. De acordo com uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, cada contrato chega a R$ 12 milhões.

O levantamento foi feito com auxílio das ferramentas Tweet Archivist, que coleta a evolução de hashtags, e Pegabot, que indica a probabilidade de um perfil ser automatizado a partir do seu comportamento.

Conheça a TV 247

Must Read

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Metroviários decidem se entrarão em greve durante Assembleia Geral nesta quinta-feira (19)

Os metroviários e metroviárias decidirão nesta quinta-feira (19), durante uma Assembleia Geral Extraordinária se entrarão em greve com a paralisação já começando a meia-noite...

Secretario Fred Amâncio participa de evento em Roraima

O secretário de Educação do Recife, Fred Amancio, ao lado da secretária executiva de Primeira Infância, Luciana Lima, representa a capital pernambucana, no Primeiro...

Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode...