Início Brasil Paula Delai, médica e ex-jogadora, destaca curiosidades da participação feminina internacional na...

Paula Delai, médica e ex-jogadora, destaca curiosidades da participação feminina internacional na 44ª Olimpíada de Xadrez

Para Paula Delai, médica e ex-jogadora, 44ª Olimpíada de Xadrez teve histórias motivadoras

Neste mês de agosto, aconteceu a 44ª edição da Olimpíada de Xadrez, de 28 de julho á 10 de agosto, realizada em Chennai, Índia

Para a médica e ex-jogadora de xadrez, Paula Fernanda Delai, deve-se salientar a medalha de ouro olímpica pela Seleção Ucraniana feminina de xadrez. “São exemplos de capacidade de superação e resiliência, conviver lado a lado com bombardeios, risco de perda de entes queridos, enfrentar um período de incertezas e recessão econômica, mesmo assim tornaram-se vitoriosas. A força mental e preparo psicológico dessas jogadoras é impressionante”.

Segundo Paula, um dos momentos especiais da competição foi o bronze conquistado pela equipe feminina de xadrez da Índia. “Foi a primeira vez que elas conseguiram uma medalha em uma Olimpíada da modalidade. Além do orgulho de estarem representando o país que sediou o evento, outro detalhe foi a participação de uma das atletas, Harika Dronavalli, que estava grávida de nove meses e poucos dias de dar à luz”, frisou a ex-jogadora.

Um outro aspecto, paralelamente a essa situação: “O curioso é que essa competidora, Harika, só pôde participar depois da autorização do seu obstetra. Com certeza influenciou na liberação que o deslocamento seria interno, entre lugares do mesmo país, já que não implicaria riscos á gestante e nem ao bebê, que poderiam ser causados no estresse de despressurização no voo. Seria possível haver até indução de parto prematuro em uma viagem de avião prolongada. Acho que o universo conspirou a favor dela”, ressalta Paula Delai.

Outra competidora que chamou a atenção dos participantes e do público em geral que acompanhou o evento presencialmente ou pela web foi a palestina Randa Seder, de apenas oito anos. Com 1442 de rating, ela foi a mais jovem participante da Olimpíada. 

Para Paula Fernanda Delai, histórias como essas são motivadoras. “É muito significativo quando nos deparamos com histórias assim. Uma criança ter a coragem de enfrentar grandes feras do xadrez é uma lição para muitos. Da mesma forma foi a determinação da Harika, que mesmo a poucos dias de dar à luz não desistiu do seu sonho. Precisamos ter confiança em nós mesmos e encarar os desafios”, conclui a média e ex-jogadora de xadrez.

Must Read

Elirio Dambros fala sobre prós e contras do uso de fraldas descartáveis

Que as fraldas descartáveis vieram para facilitar a vida dos pais, disso ninguém tem dúvida. No entanto, ainda se investiga os impactos causados pelo seu uso na saúde...

Toguro do Sport? Influencer exibe faixa do Leão da Ilha em partida do Brasil na Copa do Mundo

Influencer foi um dos mais compartilhados no ano, com vídeos motivacionais em situações inusitadas Um personagem que marcou a internet em 2022 conquistou os torcedores...

Nome de Gilson Machado já é favorito para disputa municipal em 2024

O atual diretor-presidente da Embratur e ex-Ministro do Turismo segue sendo principal referência em apoio, fidelidade e alinhamento com Bolsonaro, para os conservadores no...

Brasil vence a Suíça e está classificado para as oitavas de final da Copa do Mundo

Vitória contra a Suíça fez o Brasil garantir matematicamente a classificação para as oitavas de final O Brasil já garantiu vaga nas oitavas de final...

Alerta laranja de perigo de chuvas intensas em Afrânio e Petrolina

Os municípios de Afrânio e Petrolina estão em alerta laranja de perigo potencial de chuvas intensas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), previsão...