Início Esporte O riso e as lágrimas no retorno das iranianas a estádios após...

O riso e as lágrimas no retorno das iranianas a estádios após 40 anos

“Em março deste ano, uma jovem de 19 anos foi pega ao tentar entrar no estádio de futebol disfarçada de homem. Condenada à prisão, ela ateou fogo ao próprio corpo para protestar. Sua morte foi o estopim para a revolução das mulheres no futebol no Irã”

“Muito mais que um jogo, a ida delas ao estádio era um poderoso sinal de mudança, de como as manifestações femininas têm força numa sociedade que ainda determina que toda mulher deve ter um guardião — marido, pai ou irmão”

Must Read

Novo guia do Coronel Alberto Feitosa mostra imagens do Coronel e do Capitão como militar

O guia exibido nesta semana traz imagens de Jair Bolsonaro e do deputado Alberto Feitosa em momentos paralelos da carreira militar e da vida...

Em vídeo, Charlles revela que já recebeu várias propostas para comprar ‘lotes de votos’ em municípios pernambucanos

Na última quarta-feira, 21 de setembro, um vídeo publicado por Charlles e Tiringa no canal Comédia Selvagem tem gerado repercussão, principalmente pelo fato de...

Maria Arraes participa de grande ato político com vereadores de Ipojuca

A candidata a deputada federal, Maria Arraes, participou de um grande ato político em Ipojuca na noite desta quinta-feira (22), promovido pelos vereadores Deoclécio...

Datafolha: Com 50% dos votos válidos, Lula amplia chance de vencer no 1º turno

O Instituto Datafolha divulgou, na noite desta quinta-feira (22), uma nova rodada da pesquisa que analisa a preferência dos eleitores em relação aos candidatos...

Parque Capibaribe tem nova etapa de obra iniciada

Bloco contempla a urbanização do Cais da Vila Vintém, na Zona Norte, e o Cais do Caiara, na Zona Oeste do Recife. O Parque Capibaribe,...