Início Politica Marília Arraes apresenta o “Maria da Penha nas Escolas” e medidas de...

Marília Arraes apresenta o “Maria da Penha nas Escolas” e medidas de combate à violência contra a mulher durante sabatina na Rádio Jornal

Durante uma sabatina realizada pela Rádio Jornal, na manhã desta quinta-feira, no Recife, a candidata ao Governo de Pernambuco Marília Arraes apresentou às mulheres pernambucanas algumas de suas propostas para o enfrentamento à violência contra a mulher e ao Feminicídio, que tirou a vida de mais duas mulheres nesta semana. “No nosso governo, a mulher não vai ficar sozinha! Vamos prevenir essa violência, em primeiro lugar, com educação. Nós vamos implementar a ‘Maria da Penha nas Escolas’, programa que vai desconstruir o machismo desde criança”, cravou Marília.

Entre 2012 e 2021, por exemplo, os casos de violência contra a mulher em Pernambuco saltaram de 28,2 mil casos para 40,9 mil. “É preciso atuar de duas maneiras, com prevenção e repressão. Quando acontece um feminicídio, não significa que a violência só aconteceu neste momento. Antes disso, a mulher já levou grito, já apanhou ou viu a mãe passando por isso”, afirma.

O objetivo da proposta apresentada por Marília é ensinar para meninos e meninas que a violência acontece de diversas formas e que essa desconstrução precisa acontecer desde cedo. “Dessa forma, quando o namorado puxar o braço ou gritar com a adolescente, ela não vai achar que ele é ciumento, já vai identificar que é uma atitude violenta.”

Marília também falou sobre a importância da construção de Delegacias da Mulher nas cidades com os maiores índices de violência no Estado. Além disso, cada delegacia terá um núcleo de atendimento à mulher. “Será um espaço, a mulher não vai ser atendida junto com todo mundo. Vai ser atendida por policiais preparados para esse atendimento. Ela já está envergonhada, já foi humilhada, muitas se sentem culpadas. Nesses espaços teremos também assistência psicossocial para as mulheres vítimas de violência.”

A candidata ao Governo de Pernambuco também irá colocar em prática as “Delegacias da Mulher itinerantes” como uma forma de reprimir e combater os casos de violência e feminicídios.

Outra proposta apresentada por Marília é o aumento de casas de abrigo para mulheres vítimas de violência. Em Pernambuco, atualmente, só existem quatro unidades. “A mulher terá uma grande rede de proteção até ficar independente. Enquanto o homem não for preso, a mulher fica no abrigo”, ressalta.

“É importante destacar que existe uma lei federal que aponta que 5% do Fundo Nacional de Segurança Pública deve ser aplicado para ações de combate à violência contra a mulher e nós vamos atrás desses recursos”, destacou.

Must Read

Alcides Cardoso apresenta proposta para dar transparência ao uso do dinheiro do pagamento de multas de trânsito no Recife

Um projeto de lei do vereador Alcides Cardoso (PSDB) quer garantir transparência à arrecadação e utilização do dinheiro do pagamento de multas de trânsito...

Luciano Bivar realiza carreata expressiva em Boa Viagem

Carreata da vitória na reta final de campanha! Neste domingo (25/09), Luciano Bivar, presidente nacional do União Brasil que é candidato a deputado federal,...

Maria Arraes participa de carreata gigantesca em São Lourenço da Mata com Marília Arraes

A candidata a deputada federal, Maria Arraes, participou de carreata gigantesca em São Lourenço da Mata ao lado da chapa majoritária da coligação Pernambuco...

Patrícia Henry fortalece candidatura em Olinda

Na manhã deste sábado (24), Patrícia Henry (União Brasil), candidata a Deputada Estadual, visitou a feira livre do bairro de Rio Doce, em Olinda....

A uma semana da eleição, Luciano Bivar realiza carreata no Recife

No último domingo antes das eleições, os correligionários do Deputado Federal vão realizar uma grande carreata pelas ruas do Recife. A concentração será no...