Início esporte Manifestantes voltam às ruas do Chile; toque de recolher termina - G1

Manifestantes voltam às ruas do Chile; toque de recolher termina – G1

Os protestos no Chile continuaram neste sábado (26), um dia depois da manifestação recorde em Santiago que atingiu a cifra de um milhão de pessoas. Pela primeira vez desde a declaração de estado de emergência, há uma semana, as autoridades não decretaram toque de recolher nas cidades do país.

Presidente do Chile pede que os ministros entreguem os cargos

Até a última atualização desta reportagem, os manifestantes ocupavam as ruas de Santiago e outras cidades em menor número se comparado aos atos anteriores. Assim como nos outros dias, houve confrontos com forças de segurança especialmente na cidade portuária de Valparaíso, que abriga a sede do Legislativo do Chile.

Na manhã deste sábado, autoridades locais e moradores de Santiago iniciaram um trabalho de limpeza nas ruas da capital chilena. Além disso, transporte público e comércio estão próximos de retomar a normalidade.

O jornal chileno “La Tercera” reporta que os manifestantes pedem nova constituição em 2020. A reivindicação aponta que os protestos devem continuar mesmo com as recentes decisões do presidente Sebastián Piñera em propor um pacote de medidas ou, como neste sábado, pedir a renúncia de ministros de Estado. Além disso, ele afirmou que pretende encerrar o estado de emergência ainda neste domingo “se as condições o permitirem”.

O Instituto Nacional de Direitos Humanos do Chile (INDH) enviou ofício ao Serviço Médico Legal e aos ministérios públicos regionais para que informem o número exato de mortos o último registro indica que 19 pessoas morreram nas manifestações.

Além disso, segundo a agência EFE, o instituto quer que as autoridades apurem denúncias de tortura e de abuso sexual. Policiais são acusados de manter sob custódia ilegal manifestantes, inclusive dentro de estações de metrô fechadas.

O INDH também afirma que mais de 1 mil pessoas receberam atendimento em hospitais do Chile devido a ferimentos nos protestos. Dessas, 531 foram baleadas, inclusive com armas de fogo. Ao menos quatro perderam a visão de ao menos um dos olhos. Os números não são oficiais.

Must Read

Lucas Ramos destaca papel estratégico do Hospital Dom Malan no programa Opera Mais do Governo do Estado

O Hospital Dom Malan, em Petrolina, terá papel fundamental no Opera Mais - Programa de Ampliação de Cirurgias. A iniciativa, lançada nesta sexta-feira (15),...

TV Cultura mostra documentário sobre Paulo Freire para assinalar o Dia do Professor

Paulo Freire Assinalando o Dia do Professor, a TV Cultura mostra nesta sexta-feira, às 20h, o documentário “Paulo Freire, 100 Anos”, em homenagem ao pernambucano...

Projota apaga todos os posts do Instagram e dispara: “Momento mais turbulento”

O cantor já vinha afastado das redes sociais nas últimas semanas, mas surpreendeu os fãs ao excluir todas as imagens do seu Instagram. Aos...

Jorge & Mateus e Avine Vinny se apresentam amanhã no Recife

Se você ainda não foi contagiado pelo refrão “Late coração cachorro, late coração”, certamente não ouviu o novo sucesso de Avine Vinny, Coração Cachorro,...

Chico Buarque passa por cirurgia em hospital no Rio

Foto: Reprodução/Internet Aos 77 anos, o artista passou por uma cirurgia na coluna que durou cerca de seis horas e está, no momento, em recuperação...