Início Geral Lula à RTP: "quero minha liberdade plena!"

Lula à RTP: “quero minha liberdade plena!”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista na noite desta terça-feira 15/X à RTP, a TV pública de Portugal.

Foi uma conversa com o jornalista Ricardo Dentinho, em horário nobre: 21h em Lisboa.

“Eu fui preso para que não pudesse ser candidato à presidência. Minha prisão é eminentemente de cunho político. Ela aconteceu dentro do pacote que estabeleceu o Golpe do impeachment contra a presidenta Dilma. Estou aqui tentando mostrar para a sociedade brasileira e para o mundo como que os novos Golpes se deram na América Latina no século XXI”, diz Lula.

Ele continua e explica a definição de lawfare: “diferentemente do que foi no século XX, hoje se utiliza o poder judiciário, as instituições públicas, para poder condenar uma pessoa.”

Para Lula, sua prisão atendeu também a interesses geopolíticos de outras potências: “tudo aconteceu por interesses norteamericanos após a maior descoberta de petróleo do século, o pré-sal. Aconteceu por conta do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em convênio com o Ministério Público do Brasil. Aconteceu porque eu seria eleito presidente.”

Lula trata, também, de sua decisão de recusar a progressão de sua pena para o regime semiaberto: “não se trata apenas, também, de recusar. Se trata também de caráter. E caráter a gente não encontra no supermercado. Você não encontra caráter em free shop. O que acontece é que eu quero a minha liberdade plena. Eu quero meu atestado de inocência. Pois quem deveria estar condenado é quem contou mentiras a meu respeito.”

“Você tem inquéritos policiais mentirosos, você tem acusações do Ministério Público mentirosas e você tem sentenças mentirosas. As mesmas pessoas que contaram mentiras a meu respeito, como a situação política está um pouco mudando no Brasil, vieram a público pedir para que o Lula vá pra casa, com o ‘prêmio’ da progressão da pena. Mas eu não quero progressão de pena. Eu quero minha inocência. Eu quero que julguem o mérito de meu processo!”

Lula continua: “quando você comete um crime que você se sente culpado, você fica implorando a progressão de pena. (…) Quando a pessoa é inocente, a pessoa não precisa de progressão. A pessoa precisa de um julgamento justo! Como eu acho que o juiz Moro mentiu, como eu acho que o procurador Dallagnol mentiu, como eu acho que o delegado que fez o inquérito mentiu, eu quero um julgamento justo! É só isso!”

Veja a entrevista completa no site da RTP.

Gostou desse conteúdo? Saiba mais sobre a importância de fortalecer a luta pela liberdade de expressão e apoie o Conversa Afiada! Clique aqui e conheça!

Leia também no Conversa Afiada:

Usamos cookies com propósitos estatísticos, para mostrar anúncios relevantes, para lhe ajudar a se registrar em nossos serviços, o para lembrar suas configurações. Confira nossa Política de privacidade e cookies.

Must Read

Charlles e Tiringa declaram que “não estão na política para fazer comédia”; dupla lançou candidatura coletiva de deputado federal

Sem tempo de TV e rádio, os youtubers realizaram campanha visitando todas as mesorregiões de Pernambuco, com financiamento próprio, ou seja, sem doações ou...

Carvana 10123 encerra campanha defendendo a democracia e fortalecendo a família pernambucana

O deputado estadual William Brigido (Republicanos), candidato à reeleição, encerrou a caravana 10123 ao lado do povo. De acordo com o candidato foram 90...

Fabrizio Ferraz faz encerramento de campanha com carreata histórica pelas ruas de Floresta

As ruas de Floresta foram tomadas por uma onda azul, na noite dessa quinta-feira (29). O deputado estadual Fabrizio Ferraz fez o encerramento da...

Coronel Alberto Feitosa reúne família, amigos e apoiadores em último grande encontro de campanha

Milhares de pessoas lotaram o Clube Internacional do Recife, na Benfica, para a reunião de reta final da Campanha para reeleição do deputado estadual...

Movimento Advocacia Negra anuncia voto em Vinicius Castello para Alepe e Robeyoncé Lima para Câmara Federal

Profissionais que fazem parte do movimento da advocacia negra se reuniram na noite desta quarta-feira (28) para demonstrar apoio às candidaturas de Vinicius Castello...