Início Justiça Léo Pinheiro, da OAS, diz que pagava propina a líder do governo...

Léo Pinheiro, da OAS, diz que pagava propina a líder do governo no Senado

O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro afirmou em delação premiada que o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), recebeu propina da empreiteira em troca de liberação de recursos. Os fatos relatados são da época em que Bezerra Coelho era ministro do Integração Nacional (de 2011 a 2013), no governo Dilma (PT), e por obras do governo de Pernambuco (de 2007 a 2010), comandado então por Eduardo Campos (PSB).

As informações foram publicadas pelo jornal O Globo nesta 2ª feira (30.set.2019).

De acordo com a publicação, as declarações de Pinheiro devem servir para complementar as investigações tocadas pela PF (Polícia Federal). O órgão comandado pelo ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) realizou em 19.set.2019 operação de busca e apreensão nos endereços de Bezerra Coelho e de seu filho, o deputado Fernando Coelho Filho (DEM-PE).

Na época da operação da PF, Bezerra Coelho colocou o cargo dele à disposição de Jair Bolsonaro. O presidente disse que não iria fazer mudanças enquanto não houvesse provas concretas contra o senador.

Na delação de Pinheiro, homologada pelo Supremo Tribunal Federal no início do mês, são relatados os seguintes fatos:

Em nota enviada ao O Globo, o advogado André Callegari, que faz a defesa do senador Fernando Bezerra, afirmou que não teve acesso à delação, mas que “conforme jurisprudência já assentada pelo Supremo Tribunal Federal, a palavra do colaborador isoladamente não é apta sequer para receber uma denúncia”. “Ressalta ainda que o senador não foi candidato em 2010 e não teve participação na coordenação da campanha do governador Eduardo Campos à reeleição. O senador confia que a investigação será arquivada”, afirma.

Ao O Globo, o ex-governador Teotônio Vilela Filho afirmou, em nota, que desconhece a delação e que “nunca recebeu vantagens indevidas, de quem quer que seja, em toda sua vida pública”. Disse ainda que os recursos de campanhas foram declarados à Justiça Eleitoral.

______________________

Vídeo: Dallagnol defende Lava Jato e denuncia vingança (AFP)

Curta a nossa página no Facebook para ver histórias semelhantes

Dê uma classificação geral para o site:

Must Read

Pernambuco já realizou mais de 1,8 mil testes de Covid-19 nos jogos de futebol

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, a testagem para a doença é fundamental para o monitoramento...

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa estrelam campanha na Times Square

As patroas deslancharam para o mundo! Nesta quinta (21), Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estamparam um telão na Times Square, principal...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Palas Pinho 20 anos de carreira no movimento brega

Palas Pinho uma das artistas mais respeitadas e querida do cenário musical Pernambucano, completa 20 anos de carreira no movimento brega, em 2001 ela implaca...

Secretaria do Trabalho estadual abre inscrições para Fenearte 2021

Quatro estandes serão disponibilizados para empreendimento solidários num dos espaços mais nobres da cultura pernambucana A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco abre,...