Início Brasil Gilmar Mendes determina suspensão de ação penal contra Alexandre Baldy

Gilmar Mendes determina suspensão de ação penal contra Alexandre Baldy

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a suspensão da ação penal contra o secretário licenciado de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, até que se decida onde o caso deve julgado. A decisão enviada à Jovem Pan é desta terça-feira, 22, e atende a um pedido da defesa do secretário. Gilmar atendeu o pedido liminarmente, ou seja, de forma temporária e o caso deverá ser julgado pela Segunda Turma da Suprema Corte. “Nessa linha de fundamentação, destaca-se a importância do respeito à garantia constitucional do juiz natural e da devida observância dos critérios constitucionais e legais de fixação da competência”, escreveu o ministro.

Baldy foi preso em 6 de agosto durante a operação Dardanários, deflagrada pela força-tarefa da Lava Jato, que mirava desvios na área Saúde do Rio de Janeiro e em São Paulo que envolvem órgãos federais. A operação apura supostas ações cometidas antes do mandato de Baldy na gestão João Doria. Ele foi deputado federal e ministro das Cidades durante o governo Michel Temer. Na época, a operação foi autorizada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal do Rio, responsável pela Lava-Jato no Rio.

Além de suspender a ação penal e os mandados de busca e apreensão, Gilmar também determinou a suspensão “de todo e qualquer expediente investigativo em sede policial ou ministerial relacionado aos fatos, até que seja decidido o mérito da presente reclamação”. A defesa de Baldy afirmou, na reclamação enviada ao Supremo, que cabe à Justiça Eleitoral de Goiás julgar o caso, alegando “incompetência absoluta” da Justiça do Rio.

Após a suspensão de todas as investigações e das medidas cautelares impostas ao secretário licenciado, a defesa afirmou, por meio de nota, que o “Supremo Tribunal Federal, mais uma vez, cumpre seu papel de guardião da constituição, evitando que autoridades apurem fatos que não são de sua competência”. Ainda em agosto, a Lava Jato do Rio denunciou Alexandre Baldy por corrupção, fraude e organização criminosa. Após ser preso pela PF, durante a operação, Baldy foi solto no dia seguinte também por determinação do ministro Gilmar Mendes. Ele deixou o prédio da PF em São Paulo durante a madrugada.

Must Read

Pernambuco já realizou mais de 1,8 mil testes de Covid-19 nos jogos de futebol

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, a testagem para a doença é fundamental para o monitoramento...

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa estrelam campanha na Times Square

As patroas deslancharam para o mundo! Nesta quinta (21), Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estamparam um telão na Times Square, principal...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Palas Pinho 20 anos de carreira no movimento brega

Palas Pinho uma das artistas mais respeitadas e querida do cenário musical Pernambucano, completa 20 anos de carreira no movimento brega, em 2001 ela implaca...

Secretaria do Trabalho estadual abre inscrições para Fenearte 2021

Quatro estandes serão disponibilizados para empreendimento solidários num dos espaços mais nobres da cultura pernambucana A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco abre,...