Ex-jogador Cafu é embaixador de empresa suspeita de pirâmide financeira

A ArbCrypto, empresa de marketing multinível que promete lucros altíssimos, já tendo chegado a oferecer planos de até 2,5% ao dia, tem apresentado o ex-astro do futebol como embaixador desde agosto deste ano, conforme reportou o Livecoins no sábado (26).

O negócio que possui diversas características comuns de pirâmides financeiras, incluindo bônus de 10% para os clientes que captarem novos investidores para o negócio, conta com Alexandre Cesario Kwok, um dos donos do Prosperity Club — pirâmide criada no início de 2017, como presidente.

Além disso, a empresa de arbitragem de criptomoedas que é denunciada na internet por não estar honrando seus pagamentos, também oferece prêmios como carros de luxo, viagens e bônus em bitcoins para os clientes que “crescem na empresa”, reportou o site.

Em um vídeo publicado no Youtube em 9 de agosto, Cafu se declara embaixador da empresa:

“É isso aí galera! Capitão Cafu na área, passando para dar um recadinho para todos vocês: Hoje embaixador da ArbCrypto”, diz o ex-jogador, anunciando que no dia seguinte participaria do ArbFest, um evento feito pela empresa para conquistar clientes.

Contudo, Cafu não é o único ídolo do futebol a se envolver com empresas suspeitas de pirâmide. O –ex-jogador Ronaldinho Gaúcho costumava ser embaixador da empresa de marketing multinível 18KRonaldinho, que atuava sem a autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ele deixou a empresa após ter sido chamado para depor sobre acusações de golpe de pirâmide envolvendo a empresa. Entretanto, antes disso, Ronaldinho também foi garoto-propaganda e principal promotor da LBLV, empresa que atuava no mercado Forex, que é ilegal no Brasil e também foi proibida de atuar no país pela CVM.

Fonte: https://criptonizando.com/

E-book gratuito com tudo que você precisa dominar para ser um verdadeiro Contador Profissional.