Início esporte Empate sem gols garante Palmeiras na próxima fase da Libertadores

Empate sem gols garante Palmeiras na próxima fase da Libertadores

O empate sem gols ficou de bom tamanho pelo que Guaraní e Palmeiras apresentaram no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, na 4ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Com um time “amarrado”, o alviverde demorou a se encaixar e ameaçar o adversário. Mesmo aparentemente mais soltos, os paraguaios pecaram em finalizações que poderiam ter decidido a partida, e as equipes ficaram no 0 a 0.

O resultado classifica o alviverde matematicamente para o mata mata, já que o time atingiu dez pontos, e na segunda colocação, o Guarani, tem 7, restando apenas duas rodadas na fase de grupos.

O jogo

Na primeira etapa, o Guaraní mostrou porque é considerado um time chato de se enfrentar. Enquanto o Palmeiras não aparecia muito para o jogo, e precisou de uma jogada individual de Gabriel Menino, ainda aos 11 minutos, para tentar inaugurar o placar. O garoto da base bateu de fora da área, mas o goleiro Servio espalmou para escanteio. Na marcação, os paraguaios apertavam a saída de bola palmeirense com bastante eficácia.

O time rondou a área do alviverde durante quase toda a primeira etapa, mas pecou nas finalizações. Em um chute de Fernando Fernández que explodiu na trave, o time assustou. Aos 39 minutos, Gustavo Gómez foi preciso para impedir que Florentín finalizasse após fazer boa jogada pela esquerda e driblar Felipe Melo.

Na volta dos vestiários, o Palmeiras apareceu mais atento e presente no setor de ataque, enquanto o Guaraní acabou recuando um pouco seus jogadores. Aos 16 minutos, Luxemburgo optou em mexer na equipe pela primeira vez, trocando Luiz Adriano por Willian e Gabriel Veron por Wesley.

Aos 19, o Guaraní chegou ao seu primeiro contra-ataque em uma jogada que nasceu em um erro de passe de Danilo no meio de campo. Redes recuperou e cruzou para dentro da área, e Morel chegou batendo de primeira. O goleiro Weverton fez grande defesa na base do reflexo, e já impedido, o camisa 40, Domínguez, errou o chute no rebote.

Depois de muito rondar a área alviverde, o Guaraní chegou novamente com perigo aos 38 minutos. Ramires errou o passe na saída de bola, Fernando Fernandéz abriu para Dominguéz, que finalizou cruzado. Com um tempo de bola incrível, Gustavo Gómez, que estava no lance, conseguiu abrir a perna para deixar a bola sair pela lateral sem tocar contra o próprio patrimônio. No lance seguinte, o Palmeiras respondeu à altura. Após lançamento de Viña, Willian tocou por cima do goleiro, e coube a Romaña salvar quase em cima da linha.

Talvez o melhor jogador do alviverde na partida, Gustavo Gómez foi preciso mais uma vez para evitar o gol, já aos 44 minutos, em um lance que novamente nasceu dos problemas na saída de bola do Palmeiras. De dentro da área, Merlíni encheu o pé na finalização, e de carrinho, o zagueiro conseguiu empurrar para a linha de fundo.

O próximo jogo do Verdão na Libertadores é na próxima quarta-feira, 30, contra o Bolívar, no Allianz Parque. Antes disso, no domingo, o encontro é com o Flamengo, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, que corre o risco de não acontecer – o rubro-negro pediu o adiamento após parte de seus jogadores e comissão técnica testarem positivo para covid-19. A CBF ainda não se manifestou. O Alviverde já se manifestou contra a mudança de data.

Já o Guaraní vai ao Monumental Victoria, na Argentina, para enfrentar o Tigre, lanterna do Grupo B, que soma apenas um ponto, no dia 1º de outubro. A última rodada da fase de grupos está agendada apenas para o dia 21 de outubro, quando o Palmeiras recebe o Tigres e o Bolívar, o Guaraní.

FICHA TÉCNICA

GUARANÍ-PAR 0 X 0 PALMEIRAS

GUARANÍ – Servio, Ramírez, Báez, Romaña e Benítez; Redes (Maná), Rodrigo Fernández, Morel (Ángel Benítez), Florentín (Domínguez) e Merlini; Fernando Fernández. Técnico: Gustavo Costas.

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Danilo (Ramires), Zé Rafael, Gabriel Menino (Bruno Henrique) e Lucas Lima (Raphael Veiga); Gabriel Veron (Wesley) e Luiz Adriano (Willian). Técnico: Vanderley Luxemburgo.

CARTÕES AMARELOS – Morel (14/2ºT), Romaña (25/2ºT).

ÁRBITRO – Nestor Pitana.

LOCAL – Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR).

Must Read

Pernambuco já realizou mais de 1,8 mil testes de Covid-19 nos jogos de futebol

Com a liberação da presença de torcida nos jogos de futebol profissional em Pernambuco, a testagem para a doença é fundamental para o monitoramento...

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa estrelam campanha na Times Square

As patroas deslancharam para o mundo! Nesta quinta (21), Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estamparam um telão na Times Square, principal...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Palas Pinho 20 anos de carreira no movimento brega

Palas Pinho uma das artistas mais respeitadas e querida do cenário musical Pernambucano, completa 20 anos de carreira no movimento brega, em 2001 ela implaca...

Secretaria do Trabalho estadual abre inscrições para Fenearte 2021

Quatro estandes serão disponibilizados para empreendimento solidários num dos espaços mais nobres da cultura pernambucana A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco abre,...