Início Geral Dólar cai após aprovação da reforma da Previdência; Ibovespa segue entre perdas...

Dólar cai após aprovação da reforma da Previdência; Ibovespa segue entre perdas e ganhos

SÃO PAULO – Foi votado o destaque apresentado pelo PT que beneficia categorias como os vigilantes armados e agora a reforma da Previdência está oficialmente aprovada no Congresso. Com isso, o dólar opera na mínima do dia, apesar da Bolsa se manter sem uma direção definida nesta quarta-feira (23), operando entre perdas e ganhos.

Ontem, o texto-base da reforma já havia sido aceito por 60 votos contra 19 em segundo turno no plenário do Senado. O secretário da Previdência, Rogério Marinho, afirma que a alteração não muda o impacto fiscal de R$ 800,3 bilhões economizados em dez anos.

Às 14h04 (horário de Brasília), o principal índice da B3 registrava ganhos de 0,11%, a 107.499 pontos.

Enquanto isso, o dólar futuro com vencimento em novembro registrava queda de 0,72%, a R$ 4,0535. O dólar comercial recua 0,65% a R$ 4,0484 na compra e a R$ 4,0492 na venda.

Já os contratos de juros futuros registravam leve baixa. O DI para janeiro de 2021 fica estável a 4,53% e o DI para janeiro de 2023 registra perdas de 3 pontos-base a 5,49%.

Sobre os destaques, o cálculo feito pela equipe econômica anteriormente de que a mudança proposta pelo PT retiraria R$ 23,2 bilhões da economia fiscal em 10 anos refere-se, segundo Marinho, à judicialização do tema e não é imediato.

“Não há nenhuma redução da economia que foi proposta porque o que nós queríamos era evitar judicialização e esse custo (do destaque) não estava no nosso cálculo (de R$ 800,3 bilhões)”, afirmou.

A reforma do governo Bolsonaro demorou 244 dias para ser aprovada pelo Congresso e só não foi mais rápida que a mudança proposta pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que levou 233 dias para ter o aval de deputados e senadores. Nos dois casos, as mudanças foram feitas por PEC.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vai aguardar o retorno do presidente da República – que está em viagem à Ásia, para promulgar texto. Bolsonaro chega ao Brasil no próximo dia 31. A data da sessão solene conjunta do Congresso para promulgação da Reforma no entanto ainda não foi definida, mas deverá ocorrer no 12 ou 19 de novembro.

A safra de resultados ganha tração a partir de hoje. Antes da abertura dos mercados, a Weg (WEGE3) divulgou um lucro líquido de R$ 418,2 milhões, 5% acima do esperado pelo consenso Bloomberg. Após o encerramento do pregão, CSN (CSNA3), Localiza (RENT3) e EDP Energias do Brasil (ENBR3) divulgam resultados.

Já a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos informaram ontem à noite que enviaram comunicado à Petrobras (PETR3; PETR4) notificando sobre o início da greve dos petroleiros, a partir da zero hora do dia 26 de outubro.

“Diante da intransigência da Petrobras em negociar os pontos apresentados pela FUP para melhoria da proposta de Acordo Coletivo, encaminhados à empresa e ao TST no dia 26/09, não resta outra alternativa aos petroleiros se não o exercício do direito legítimo de greve”, informou em nota no site.

No exterior, os mercados operam de forma mista pressionados diante da continuidade do imbróglio sobre a saída do Reino Unido da União Europeia e pelo setor de tecnologia em Wall Street.

Os principais índices europeus estão em compasso de espera sobre a confirmação da ampliação do prazo para o Brexit, inicialmente dia 31 de outubro. A decisão está nas mãos da UE, que tende a conceder um novo adiamento, segundo já sinalizou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Enquanto isso, Johnson já articula a convocação de novas eleições gerais para consolidar seu mandato, aproveitando que o Partido Conservador lidera as pesquisas eleitorais. Segundo relatos da imprensa britânica, citados pela CNBC, a possível votação já teria até data: 5 ou 12 de dezembro. Casas de apostas já apontam, inclusive, uma chance acima de 50% de que ocorram eleições gerais no Reino Unido ainda este ano.

Nos Estados Unidos, os investidores monitoram o setor de tecnologia, que reage negativamente aos impactos da guerra comercial em seus negócios, especialmente a indústria de microchips.

Sem uma agenda relevante de indicadores e com os integrantes do Federal Reserve em período de silêncio, as atenções se voltam à publicação dos balanços da Boeing, Caterpillar e Eli Lilly, antes da abertura, da Ford, Microsoft e Tesla, após o fechamento dos mercados.

Entre as commodities, os preços futuros do minério de ferro em Dalian fecharam em nova alta, acompanhando o movimento da véspera de valorização, após a Vale anunciar redução da oferta da commodity com a paralisação das atividades no Complexo de Itabira (MG).

Já o petróleo opera em queda diante do aumento acima do esperado dos estoques nos EUA. No entanto, o mercado segue atento às movimentações da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e seus aliados, que podem lançar mão de cortes na produção global.

(Com Agência Estado, Agência Brasil, Agência Senado, Agência STF e Bloomberg)

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

© 2000-2019 InfoMoney. Todos os direitos reservados.

O InfoMoney preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

Must Read

Klara Castanho revela gravidez e adoção de bebê após sofrer estupro

Alertamos sobre o conteúdo desta matéria. Pessoas sensíveis devem evitar a leitura. A atriz Klara Castanho, de 21 anos, usou seu Instagram para revelar que foi...

Acusada de expôr Klara Castanho, Antonia Fontenelle se pronuncia

Antonia Fontelle rebateu as críticas que vem recebendo na web desde a exposição do caso da atriz Klara Castanho. Na ocasião, a apresentadora citou o caso de uma atriz...

Branco Mello volta aos palcos após tratamento contra o câncer

Branco Mello, de 60 anos de idade, baixista e vocalista do Titãs, está de volta aos palcos após o tratamento contra o câncer. A...

Globo corta Elizangela de novela após atriz recusar vacina

A atriz Elizângela não vai atuar em Travessia, próxima novela das nove. Ela foi cortada do folhetim após se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19. Segundo...

Juliette emociona multidão em Campina Grande

Agora como cantora e principal atração do São João de Campina Grande desta sexta-feira (24), Juliette foi a estrela da Arena Brahma. Abrindo o...