Início Violência Cruzeiro do Sul é o 19º em circulação no Brasil

Cruzeiro do Sul é o 19º em circulação no Brasil

O jornal Cruzeiro do Sul subiu várias posições no ranking brasileiro do Instituto Verificador de Circulação (IVC). No mês de setembro, o jornal, seguindo outras publicações do País, passou a usar a sobreposição de assinaturas que une os assinantes das edições impressa e digital, mais as vendas avulsas, e com isso alcançou tiragem média de 24.870 unidades no mês, ante a média de tiragem de 13.362 exemplares em agosto. Com esse resultado, em setembro o Cruzeiro do Sul passou a figurar entre os 20 maiores jornais em circulação do Brasil. O jornal subiu da 30ª posição em agosto para a 19º colocação em setembro no País.

De acordo com o IVC, o jornal que ocupa a primeira posição no ranking nacional é a Folha de S. Paulo, com tiragem de 330.160 unidades. Em outro recorte, se forem considerados os jornais do Estado de São Paulo, o Cruzeiro do Sul também subiu do 7º lugar em agosto para a 5ª posição em setembro. E entre os jornais do interior de São Paulo, o Cruzeiro do Sul saltou de 3º lugar em agosto para 1º lugar em setembro, à frente da Tribuna de Santos (2º lugar) e de O Liberal (3º lugar), de Americana.

O responsável pela circulação do Cruzeiro do Sul, Marcelo Borges, informou que em setembro foram auditados 53 jornais pelo IVC em todo o Brasil. Para liberar a adesão do jornal ao sistema de sobreposição de assinaturas, o IVC fez nova auditoria na circulação. Na sobreposição, a verificação leva em conta que o assinante do jornal impresso também conta com a assinatura digital da publicação. Isso porque, todo assinante da versão impressa tem direito ao acesso digital das edições.

Marcelo Borges informa que os jornais Tribuna de Santos e O Liberal já tinham computadas as suas tiragens pelo sistema de sobreposição de assinaturas. Isso inclui também os grandes jornais paulistas, como a Folha de S. Paulo. Significa que, no âmbito do interior do Estado, o Cruzeiro do Sul voltou a assumir a primeira posição que tradicionalmente ocupou em anos passados.

Há também o recorte que considera somente as assinaturas digitais e nesse ranking o Cruzeiro do Sul também apresentou um salto significativo, subindo da 28ª colocação (tiragem média de 1.262) em agosto para a 13ª posição (tiragem média de 12.878). Também nesse recorte, a primeira colocação é ocupada pela Folha de S. Paulo.

O IVC é uma entidade nacional sem fins lucrativos responsável pela auditoria multiplataforma de mídia. Seu objetivo é fornecer ao mercado dados isentos e detalhados sobre comunicação, incluindo tráfego web, tanto de desktops quanto de smartphones, tablets e aplicativos, bem como circulação, eventos, e inventário e campanhas de mídia out of home.

O presidente do Conselho Administrativo da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), César Augusto Ferraz dos Santos, avaliou o novo destaque conquistado pelo Cruzeiro do Sul no ranking do IVC: “Eu acho que isso é muito importante. Isso demonstra o resultado de um trabalho que nós estamos fazendo ao longo do último ano, principalmente no portal digital e nas mídias sociais, trabalho esse que vem surtindo bastante resultado, como se vê pelos novos números e pelo salto no ranking do IVC”.

“Esse trabalho continua no decorrer deste ano e para o ano que vem, sendo importante principalmente para os anunciantes do jornal, que automaticamente ampliam também a abrangência de seus anúncios, atingindo muito mais pessoas”, acrescentou César Ferraz.

A coordenadora de Marketing do Cruzeiro do Sul, Mariana Conti Fernandes, disse que a evolução do jornal no ranking do IVC é resultado do conjunto de ações, promoções, continuidade dos projetos do calendário anual de atividades e participação ativa em Sorocaba e região. “Assim conseguimos ter essa visibilidade, fazendo com que as pessoas queiram se atualizar e se informar com o Cruzeiro do Sul, que tem toda essa tradição de jornal centenário e a credibilidade de sempre.”

O registro do salto do Cruzeiro do Sul no ranking brasileiro do IVC coincide com a mostra aberta em Recife (PE), no último dia 17, dos jornais centenários do Brasil e de Portugal. “É uma honra o Cruzeiro do Sul figurar entre os mesmos (jornais da mostra) demonstrando que, apesar da idade, continua mais forte do que nunca”, disse César Ferraz.

Com 116 anos de circulação ininterrupta, o Cruzeiro do Sul é um dos destaques da exposição “Jornais Centenários do Brasil e Portugal: um legado cultural”. A mostra é organizada pela Associação Portuguesa de Imprensa (API) e realizada em parceria com a Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP) e a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

O evento reúne 52 “guardiões da história”, conforme descreve Antônio Campos, presidente da Fundaj. São 18 publicações brasileiras e 34 portuguesas que “sobreviveram à revolução tecnológica do último século e conseguem manter o seu protagonismo nos dias de hoje, em meio à explosão de novas formas de comunicação”, salienta a Associação Portuguesa.

Em 30 painéis que ficarão expostos na Galeria Baóba — câmpus da Fundaj, no bairro Casa Forte — até 17 de novembro, os jornais centenários contam parte das histórias brasileira e lusitana por meio de suas páginas. O painel do Cruzeiro do Sul, por exemplo, mostra dois cenários distintos do País, o de 12 de junho de 1903, quando o jornal circulou pela primeira vez e firmou seu compromisso com o leitor, e 35.247 edições depois, no último dia 2 de outubro, ao denunciar o aumento da violência contra os idosos.

O Cruzeiro do Sul iniciou em 14 de outubro a promoção “APP Premiado”, que programa sorteios de três TVs de 43 polegadas e um cruzeiro marítimo aos assinantes que participarem da iniciativa. Essa promoção vale para todos os assinantes, tanto os da versão impressa como os da versão exclusivamente digital do jornal.

Para participar é necessário baixar o aplicativo do jornal, colocar o login e senha, aceitar os termos estabelecidos e gerar o número da sorte — que é correspondente ao número de algarismos da Loteria Federal. Outras informações podem ser acessadas pelo site www.assinaturapremiada.com.br.

Segundo Marcelo Borges, responsável pela circulação do jornal, o cruzeiro marítimo será realizado em março de 2020 e sairá de Santos, no litoral de São Paulo, até Balneário Camboriú, em Santa Catarina. O primeiro sorteio pela Loteria Federal será em 30 de outubro, depois em 27 de novembro e em 18 de dezembro, todos valendo uma tevê de 43 polegadas. O último sorteio será em 29 de janeiro de 2020, valendo o cruzeiro marítimo. Os custos de transportes para este cruzeiro, no deslocamento entre Sorocaba e o litoral, serão bancados pelo jornal. (Carlos Araújo)

 

  CENTRAL – ASSINANTE: (15) 2102-5110   COMERCIAL: (15) 2102-5060 FALE CONOSCO  |  ASSINEBAIXE O APLICATIVO:

   www.fua.org.br

Must Read

Na Anatel, André Ferreira recebe compromisso de ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado

Na Anatel, André Ferreira conquista ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado. O deputado federal André Ferreira (PSC-PE) se reuniu...

Municípios do Sertão avançam no Plano de Convivência

Nas gerências regionais com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, estabelecimentos poderão funcionar até às 20h   O Governo de Pernambuco, após análise...

Agrestina vivencia São João “Cada qual na sua casa” com forró volante pelas ruas da cidade e vilas

Neste ano de 2021 o tradicional São João de Agrestina será diferente, com “Cada qual na sua casa”. Esse foi o tema escolhido pela...

SÃO JOÃO EM CASA

Elba Ramalho, Mastruz, Limão com Mel: confira 11 lives para assistir no São João Bohemia

Itália dispensará uso obrigatório de máscara ao ar livre a partir do dia 28

Após ter sido um dos primeiros países a viver a realidade do coronavírus e entrar em crise sanitária, chegou a vez da Itália de...