Com cinco dos sete jogos no Rio, Flamengo tenta encaminhar título brasileiro antes do River Plate – globoesporte.com

Passada a euforia pela classificação para a final da Libertadores, o Flamengo volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. Até a decisão contra o River Plate, em Santiago, em 23 de novembro, serão sete jogos pelo torneio nacional. Cinco deles no Rio de Janeiro. A CBF ainda não oficializou, mas Flamengo x Vasco, previsto para o fim de semana da decisão da Libertadores, será antecipado para o dia 13 ou 14 de novembro. Desta forma, cinco dos próximos seis jogos do Brasileirão serão disputados no Rio de Janeiro, incluindo o clássico contra o Botafogo, no Nilton Santos.

Jogos do Flamengo até a decisão da Libertadores

  • Flamengo x CSA – (27/10), Maracanã
  • Goiás x Flamengo (31/10), Serra Dourada
  • Flamengo x Corinthians (3/11), Maracanã
  • Botafogo x Flamengo (7/11), Nilton Santos
  • Flamengo x Bahia (10/11), no Maracanã
  • Flamengo x Vasco (13/11 ou 14/11), no Maracanã (Jogo antecipado)
  • Grêmio x Flamengo (17/11), na Arena do Grêmio

A sequência no Rio chega em boa hora. Outubro foi um mês pesado em relação a viagens. Foram quatro jogos como visitante até aqui, incluindo a partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela Libertadores.

Para minimizar o cansaço, o Flamengo fretou voos e fez viagens casadas. De Porto Alegre foi para Chapecó. De Curitiba foi direto para Fortaleza. Ao todo, foram 13 dias fora do Rio de Janeiro somente neste mês. O time de Jorge Jesus ainda enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, na próxima semana.

Em 14 jogos no Rio de Janeiro no Campeonato Brasileiro, o Flamengo está invicto, venceu 13 e empatou um, contra o São Paulo. Foram 13 partidas no Maracanã, além da vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza no Nilton Santos, no primeiro turno. O aproveitamento é de 95%.

No momento, o Flamengo tem 10 pontos de vantagem para o Palmeiras (2º) e 13 para o Santos (3º). Faltam 11 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro. Após a decisão contra o River Plate, o Rubro-Negro ainda fará quatro jogos: Ceará (c), Palmeiras (f), Avaí (c) e Santos (f).

Após superlotação, DM está vazio

Outro ponto positivo é o fato de o departamento médico estar vazio, após um mês de superlotação. Filipe Luís, Rafinha, Diego, Lincoln e Arrascaeta estão recuperados. Fora desde o jogo contra a Chapecoense, Berrío já treina em campo e estará em breve à disposição.

Tite não convocou jogadores que atuam no futebol brasileiro para os amistosos da seleção, em novembro. Arrascaeta, no entanto, foi chamado por Oscar Tabárez para a seleção uruguaia. A Celeste enfrenta a Hungria, dia 15, em Budapeste.

A Federação Uruguaia ainda negocia amistoso contra a Argentina, em 19 de novembro, diante da Argentina, em Tel Aviv, Israel, quatro dias antes da decisão da Libertadores. Caso não haja acordo, o camisa 14 será desfalque nos jogos contra Vasco e Grêmio.

Com todo plantel à disposição, é provável que Jorge Jesus rode o elenco em alguns jogos do Campeonato Brasileiro. Pablo Marí, por exemplo, terá um descanso após 21 jogos seguidos como titular. O espanhol está suspenso e não enfrenta o CSA, no domingo.