Classificação para final da Copa Verde complica calendário do Cuiabá na Série B

A Confederação Brasileira de futebol (CBF) realiza esta tarde o sorteio dos mandos de campos para as finais da Copa Verde, que serão disputadas entre Cuiabá e Paysandu. O principal problema, no entanto, será adequar o calendário para não prejudicar o Dourado na Série B do Campeonato Brasileiro, que chega num momento decisivo nas partes de cima e de baixo da tabela e que apresenta uma maratona de jogos para os mato-grossenses.

Inicialmente, as partidas estavam marcadas para os dias 13 e 20 de novembro, mas uma atualização no site da CBF retirou as partidas do calendário. A questão é que o Cuiabá tem compromisso pela Série B nas vésperas das datas anteriores. No dia 12, o confronto é contra o América-MG e no dia 22 a disputa é contra o Botafogo-SP.

O calendário preocupa muito o Cuiabá. Com 39 pontos na Série B, o Dourado ainda não está livre do rebaixamento. Para atingir o objetivo, precisa de, no mínimo, mais uma vitória e um empate para chegar aos 43 pontos e atingir uma marca histórica de conforto mínimo. Mais dois resultados positivos, livram a equipe definitivamente.

Ainda são nove jogos em disputa até 30 de novembro, fora as duas partidas da Copa Verde, o que dá uma média de um jogo a cada três. Para piorar, o treinador Marcelo Chamusca ainda tem o departamento médico com nove jogadores em recuperação ou em fase de transição, o que pode atrapalhar o revezamento dos jogadores para evitar contusões.

O Paysandu, por outro lado, tem foco total na Copa Verde e tem a competição como chance de salvar o ano. Eliminado nas semifinais do Campeonato Paraense, o Papão também não conseguiu o acesso para a Série B do ano que vem, parando nas oitavas-de-final, e espera o título regional para, além de levantar a taça, entrar direto nas oitavas do Copa do Brasil do ano que vem.

Só Notícias é o primeiro jornal virtual do interior de Mato Grosso, há 18 anos no ar com as melhores informações.