Início Esporte Câmara aprova regras para revalidação de diplomas de médicos formados no exterior...

Câmara aprova regras para revalidação de diplomas de médicos formados no exterior – Notícias – Agência Câmara de Notícias

27/11/2019 – 00:01  

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (26) o Projeto de Lei 4067/15, do Senado, que regulamenta o Revalida, um exame nacional de revalidação de diplomas estrangeiros de médicos. Devido às mudanças, a matéria retornará ao Senado.

O texto aprovado é um substitutivo apresentado pelo relator, deputado Ricardo Barros (PP-PR). O projeto foi votado após um acordo que envolveu a tramitação da Medida Provisória 890/19, sobre a criação do programa Médicos pelo Brasil.

O relator da MP, senador Confúcio Moura (MDB-RO), havia inserido pontos sobre o Revalida, que acabaram sendo incorporados ao texto do projeto.

O Revalida atesta, por meio de provas escrita e prática, os conhecimentos e as competências de médicos, brasileiros ou estrangeiros, formados no exterior. A novidade em relação ao modelo atual é a participação de faculdades privadas de Medicina no processo.

Segundo o texto aprovado, o Revalida será implementado pela União e acompanhado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Os exames poderão ter a participação de instituições de educação superior públicas e privadas que tenham curso de Medicina com avaliação 4 e 5 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Atualmente, o exame conta apenas com a participação de universidades públicas e é regulado por uma portaria.

Sistema Único de SaúdeA rigor, o Revalida não é obrigatório para a revalidação de diplomas estrangeiros, regulada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (9.394/96), mas facilita o processo, que pode demorar muito tempo.

Com a nova sistemática, as faculdades que participarem do exame poderão revalidar os diplomas dos candidatos aprovados e não somente as universidades públicas, como é a regra geral para quaisquer diplomas expedidos no exterior.

O exame pretende verificar se o médico formado em outro país detém os conhecimentos, as habilidades e as competências para atender as necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em nível equivalente ao exigido pelas diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em Medicina no Brasil.

Se o projeto virar lei, o Revalida será aplicado semestralmente, e os candidatos terão acesso ao edital com 60 dias de antecedência do exame escrito.

PreçoO substitutivo aprovado reajusta os valores que poderão ser cobrados dos candidatos. Hoje são devidas taxas de inscrição de R$ 150,00 para a prova escrita e de R$ 450,00 para o exame prático.

Os novos valores serão de até 10% da bolsa mensal de médico-residente para a primeira etapa, o equivalente a R$ 333 atualmente; e até o valor integral dessa bolsa para a segunda etapa (R$ 3.330,00).

Quem passar na primeira etapa e for reprovado na segunda poderá tentar mais duas vezes essa segunda fase sem precisar se submeter à primeira novamente.

Must Read

Festival terá shows de Luiza Sonza e Iza, no Recife

No dia 26 de novembro, na área externa do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, vai rolar a primeira edição do La Folie...

Academia Recife oferece acompanhamento nutricional gratuito

Aliar um acompanhamento nutricional à prática frequente de exercícios físicos é fundamental para pessoas que buscam uma maior qualidade de vida. Quem mantém uma...

Série que marca estreia de Ludmilla na televisão ganha data de estreia

A plataforma de streaming Globoplay anunciou, na última quinta-feira (11), a data de início da segunda temporada de Arcanjo Renegado, série que marca a estreia...

Anne Heche morre aos 53 anos após acidente de carro

A atriz Anne Heche teve sua morte confirmada nesta sexta-feira (12), aos 53 anos. Ela estava em coma desde o último dia 5, após...

Glória Perez homenageia a filha, Daniella, que completaria 52 anos

Nesta quinta-feira (11), a escritora Glória Perez publicou uma homenagem à primeira filha, Daniella Perez, que estaria completando 52 anos de idade. “Pessoa doce, afetuosa,...