Início esporte Após morte de paciente em UPA na Grande BH, médico é levado...

Após morte de paciente em UPA na Grande BH, médico é levado para penitenciária – G1

Segundo a Polícia Civil, o plantonista Celso Siqueira foi autuado em flagrante por homicídio por omissão e levado para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. O caso aconteceu nesta manhã na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ressaca, em contagem.

De acordo com o relato dos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que levaram Osvaldo Xavier dos Santos, de 72 anos, até a UPA ressaca, o médico nem chegou a olhar o paciente e ficou sentado em uma cadeira. (Veja abaixo vídeo do MG2)

Médico é preso após morte de iduso em Upa de Contagem, na Grande BH

O idoso estava com insuficiência respiratória grave. Segundo o boletim de ocorrência, o plantonista Celso Siqueira alegou que a unidade estava lotada e se recusou a atender Osvaldo.

A nora do homem, Elaine Dias, acompanhou tudo. Ele não quis atender, se negou a atender. O Samu falou “olha dr, o caso dele é um caso grave, precisa que você faça os primeiros atendimentos e ele falou que não iria fazer, falou que tinha 4 pacientes, disse a mulher.

Os socorristas disseram à polícia que insistiram para que o idoso fosse atendido, diante da gravidade do caso, mas não conseguiram convencer o médico nem a se levantar da cadeira onde estava para olhar o paciente. Por causa disso, o Samu enviou outra ambulância, com equipamentos de suporte avançado, para tentar reanimar Osvaldo, mas, não houve tempo de salvá-lo. Ele morreu em uma maca, no corredor da unidade.

O secretário de saúde de Contagem, Cléber Faria Silva, disse que o médico trabalha para o município há muitos anos e que vai abrir uma sindicância para investigar o caso.

O Conselho Regional de Medicina (CRF) afirmou que também vai abrir uma investigação para apurar a conduta do médico.

Deixar de prestar socorro é crime. A pena é de um a seis meses de prisão e multa. Mas se a omissão provocar a morte essa pena pode ser triplicada.

A defesa do médico afirmou que o problema foi a falta de estrutura da UPA e a morte foi uma fatalidade.

A Secretaria de Saúde de Contagem também disse que a Upa Ressaca foi reformada recentemente e está em condições de atendimento, com corpo clínico completo.

O médico deve ficar em uma cela especial para quem tem curso superior.

Must Read

Na Anatel, André Ferreira recebe compromisso de ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado

Na Anatel, André Ferreira conquista ampliação do serviço de telefonia em 50 municípios do interior do Estado. O deputado federal André Ferreira (PSC-PE) se reuniu...

Municípios do Sertão avançam no Plano de Convivência

Nas gerências regionais com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, estabelecimentos poderão funcionar até às 20h   O Governo de Pernambuco, após análise...

Agrestina vivencia São João “Cada qual na sua casa” com forró volante pelas ruas da cidade e vilas

Neste ano de 2021 o tradicional São João de Agrestina será diferente, com “Cada qual na sua casa”. Esse foi o tema escolhido pela...

SÃO JOÃO EM CASA

Elba Ramalho, Mastruz, Limão com Mel: confira 11 lives para assistir no São João Bohemia

Itália dispensará uso obrigatório de máscara ao ar livre a partir do dia 28

Após ter sido um dos primeiros países a viver a realidade do coronavírus e entrar em crise sanitária, chegou a vez da Itália de...